Archive for Fevereiro 2012

Por Onde Andei


.

Sumido repetidas vezes, é o que quase todo mundo diz 
e a saudade falada, lembrança de balada, não sei bem 
o que verdadeiramente querem de mim, só sei que não sumi
eu estou aqui, e nunca estive tão bem, é que quase ninguém sabe
pois estou vivendo para mim, me dando um tempo, respirando. 


são 22 anos vividos, chega de desperdício sabe, daqui a pouco 
eu faço vinte e três, vou olhar pra trás pra tudo que plantei 
e não quero me frustrar. 
Se quer saber estou ficando bom na guitarra, e aprendi a juntar 
dinheiro, tenho trabalhado tanto que nem sei. 


Sinto falta das risadas com meus amigos as vezes, mas nada 
que uma respiração funda não retorne o sentido, porque sei que 
um dia, mais conciso, sem fim de noite solitário no ponto de 
ônibus até as três da manhã, a gente vai voltar a se encontrar
E será bem melhor, como diz o trecho da canção.


Aí eu vou poder contar com mais calma, tudo dos melhores dias 
aos quais estou vivendo aqui, sonhos de verdade,
Acho que vocês já sabem que eu encontrei um amor, que destoa 
totalmente o meu senso se felicidade, que faz ser contraditório 
o que escrevo com tanta sensatez a cada dia que desejo citar 
sobre o que vivo todo dia ao lado dela. 


É incrível, e eu só queria que meus dias tivessem bem mais que 
vinte quatro horas, para pelo menos no final de cada um deles 
conseguir ligar para cada um de vocês e contar, como tá sendo 
demais a minha vida, entre outras, daquela noite que 
dormi na casa da Gabi, ou coisas assim,
até logo gente.