Archive for Janeiro 2012

Antes Que O Mês Mude.


.

Quero dizer que esse foi um sonho 
como todos os outros que nem sei até onde vão 
não pelo amor que um dia findaria 
mas pela efemeridade que é a nossa existência em vão


é janeiro, ligeiro, 
acordar cedo, e chegar tarde ...


são 24 horas dos anos que em média vivemos 67 
um desperdício né?


eu te pergunto como é que faz pra 
parar de hesitar, e te amar 
verão por verão, eu sei que não 


queria viver num livro, para te ter no meu final feliz 
queria me untar a Cronos e fazer o que eu sempre quis
sem ter pressa, sem pensar no que fiz
sem medo do que acabará, da felicidade por um triz.


sempre no sonho, sem motivos pra acordar 


mas eu suponho, que esse sonho 
é de tudo um apelo 
não espero que um dia venha mudar 


quanto é que eu pago a vista, pra te ter pra sempre
a qualquer preço, que eu me conheço 
é uma dúvida, sem dívida, e são duas certezas. 


uma é que nada nunca irá mudar. 
verdade é que não passará.

O Dorso Do Coração


.

O julgo de todos é o que tira a fé no acaso 
a perfeição não existe porque o primeiro 
dos homens errou 
e a preguiça dessa fé empurra a maré:
doença crônica de pierrot. 


Mas a dúvida é nossa única certeza  
a morte é a vida da natureza  
O ser busca o álibi da desconfiança  
esquecem de sonhar, preferem descontar 
na ausência de perseveração. 

E eu ...

Passei pra dizer que ainda estou vivo 
andei para crer no paraíso 
sentei e pensei na cor mais bela 
me reformei e reencontrei a cidadela

Passei pra dizer que não parei de tentar 
é que nem reparei que você não saiu de lá 
quando tudo foi de encontro sem preparar 
a ânsia mesmo enferma não me deixou tropeçar


Voltei pra dizer que nunca deixei de crer
passei pra contar tudo que vi ao te ver  
Mas atrasei porque preparava o melhor para ti
corri pra chegar mas me esqueci de apagar 
de tão empolgado que saí. 


é amor que me faz escrever, 
vim aqui só para dizer, 
que é o amor que faz eu me mover.
Eu vim aqui para te escrever.